Escolha uma Página

De Maria mãe de Jesus para Maria mãe de Deus

Joaquim de Andrade

Nesse estudo, o pastor Joaquim de Andrade faz uma análise da doutrina católica a respeito de Maria, à luz da Bíblia.

O estudo “De Maria mãe de Jesus para Maria mãe de Deus”  faz parte da série de estudos sobre Movimentos Religiosos que você encontra no Blesss.

Assine o Blesss

A maioria dos católicos não conhecem a doutrina católica

Muitas pessoas praticam uma religião sem conhecer as doutrinas e crenças da sua fé. Católicos não conhecem a doutrina do catolicismo. O mesmo acontece com alguns evangélicos que não conhecem as bases de fé do cristianismo, a história da igreja protestante e as doutrinas básicas da fé cristã.

Papa Francisco fala sobre Maria

Em publicações em redes sociais e discursos no Vaticano, o Papa Francisco recentemente colocou Maria na posição de “Mãe do Mundo”. Levou católicos a tomarem Maria na condição de maternidade divina.

Líderes católicos afirmam que os evangélicos estão pecando por acreditar em Jesus Cristo e crer Nele como seu Salvador mas rejeitando e “odiando” sua mãe, a Virgem Maria.

O que a Bíblia tem a dizer sobre isso?

A Bíblia fala que Maria é a mãe de Deus? Que ela deve ser adorada?

Primeiramente, precisamos deixar claro que não odiamos Maria, a mãe de Jesus. Só queremos vê-la em seu lugar indicado na Bíblia.  Amamos Maria como a mãe de Jesus, conforme apresentado na Escritura Sagrada.

Assine o Blesss

Algumas pessoas, ao se converterem, quebram as imagens em praça pública e gravam vídeos em tom de ódio. Isso não é aconselhável a se fazer, pois é um desrespeito aos católicos.

Os ídolos nada significam, não é aconselhável que se tenham imagens em casa, mas eles não são causa de maldição sobre a casa ou nada do tipo.

Nós, evangélicos, não queremos animosidade com os católicos

Não devemos odiar os católicos nem Maria, e sim reconhecer sua importância enquanto mãe de Jesus. Entretanto, rejeitamos a Mariolatria. 

Cristocentrismo é ter Jesus Cristo como centro da fé, como único suficiente Senhor e Salvador, mediador e consolador.

Mariocentrismo é ter Maria como o centro da fé, como mediadora, intercessora, consoladora e advogada.

É impossível ao cristão ser Cristocêntrico e Mariocêntrico, pois não é possível servir a dois senhores. Há um só Senhor, mediador entre Deus e os homens.

Surgimento do Dogma sobre Maria

A doutrina de veneração a Maria só surge no século 4 d.C., em que ela é chamada de imaculada, considerada nascida livre do pecado original.

Nenhum desses ensinamentos é bíblico, visto que a própria Maria chamou Jesus Cristo de seu Salvador.

Ensino da Bíblia sobre Maria

Maria é a mãe de Jesus (Mateus 1:18-25)

Maria teve outros filhos (Mateus 1:25; Marcos 6:3, 4; Marcos 4: 31, 35)

Maria nasceu sob pecado (Lucas 1:47; Rm 3:23; 5:12)

Maria aguarda a ressurreição (1 Ts 4: 13-18)

“Existem mais igrejas romanas em homenagem a Maria do que a Jesus Cristo. Até na idolatria se faz mais imagens de Maria do que de Jesus” – Joaquim de Andrade

 

Assista este Estudo na integra no Blesss

Ainda nesse estudo, Joaquim de Andrade questiona doutrinas de Mariolatria, analisando livros de líderes católicos. O pastor ensina a como argumentar com católicos que dizem acreditar na Bíblia mas idolatram Maria.

Algumas séries de estudos e cursos que você vai encontrar no Blesss:

Família, Aconselhamento Cristão, Homens numa visão Cristocêntrica, Mulheres numa visão Cristocêntrica, História da Igreja, História da Reforma, Mensagens Devocionais, Sexualidade Sadia, Fé e Ciência, Missões, Bibliologia, Consciência Teen, Consciência Jovem, Cosmovisão Cristã, Cristianismo e Sociedade, Drogas, Cristologia, Análise Doutrinária, Educação por Princípios, Literatura, Bíblia e Cristianismo, Realidade da Igreja Brasileira, Eclesiologia, Voltando a palavra de Deus, entre outros.

Faça sua assinatura por R$14,90 por mês

Esse valor de assinatura é para manter a plataforma no ar (servidores, desenvolvedores), ajudar com as despesas de criação de conteúdo (gravação, edição, roteiro, edição e impressão dos livros, correios, etc), e ajuda a manter a gratuidade do evento Consciência Cristã que hoje tem a participação de 20 mil pessoas por dia durante o Carnaval em Campina Grande-PB.

Valor da assinatura válido até dezembro de 2017

Joaquim de Andrade
+ Estudos

Joaquim de Andrade é diretor executivo do Centro Religioso de Estudos e Informações Apologéticas – CREIA. Ele foi pesquisador do Instituto Cristão de Pesquisas – ICP, por mais de 13 anos, e da Agência de Informações Religiosas – AGIR, durante 9 anos, além de pesquisador de assuntos religiosos por mais de vinte e sete anos. Atualmente ele é pastor da Igreja Batista Ágape, em São Paulo.